Blog: Substâncias tóxicas

28 de janeiro de 2022

 

Você sabia que estamos expostos diariamente a diversas SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS TÓXICAS, seja em produtos de limpeza, nos cosméticos e até mesmo em alimentos? 

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) existem aproximadamente 800 compostos químicos suspeitos de interferir no sistema hormonal. 

 

Listamos alguns componentes tóxicos que são frequentemente encontrados em cosméticos e produtos de higiene pessoal para que você possa EVITAR: 

 

PARABENOS: são conservantes utilizados para prevenir o crescimento de bactérias nos produtos. São xenoestrógenos, que possuem composição parecida com os hormônios do nosso corpo, ou seja, são disruptores endócrinos, que imitam os efeitos dos estrogênios naturais causando alterações hormonais, além de ser cancerígeno.

Exemplos: butylparaben, ethylparaben, propylparaben, isobutylparaben e methylparaben.

 

ÓLEOS MINERAIS e outros PETROLATOS: substâncias derivadas do petróleo. Pesquisas indicam que eles podem causar deficiência de vitaminas e podem ser cancerígenos. 

Exemplos: petrolatum, mineral oil, paraffin oil.

 

FTALATOS: substâncias químicas sintéticas presentes na maioria dos produtos com fragrância (parfum), utilizados para fixar a cor e o cheiro dos produtos. Os ftalatos são disruptores endócrinos, estando associados a alergias, diabetes, obesidade, asma, câncer de fígado e mama. Ainda, podem causar distúrbios hormonais, prejudicar a fertilidade, o desenvolvimento de crianças e induzir a menopausa precoce. 

Exemplos: phthalate, DEP, DBP, DEHP.

 

SULFATOS: São detergentes químicos agressivos utilizados para remover a sujeira e promover uma limpeza profunda. São responsáveis pela formação de espuma abundante nos produtos de limpeza e higiene pessoal. Podem ser encontrados em vários tipos de cosméticos como shampoos, condicionadores, sabonetes, esfoliantes e até em cremes dentais.

Na pele, os sulfatos removem a camada protetora, retirando sua hidratação natural e deixando-a desprotegida. Podem causar ressecamento, coceira, irritação e dermatites. Nos cabelos, retiram toda a oleosidade natural, deixando os fios ressecados e sem brilho.

Além disso, alguns sulfatos podem estar contaminados com susbtância nócivas, como 1,4-dioxano, que é potencialmente cancerígeno. Os sulfatos também são prejudiciais para o meio ambiente. Estão relacionados a alterações climáticas, poluição e são tóxicos para os animais aquáticos.

Exemplos: Lauril Sulfato de Sódio (Sodium Lauryl Sulfate) e Lauril Éter Sulfato de Sódio (Sodium Laureth Sulfate).

 

METAIS PESADOS: mercúrio, chumbo, arsênio e alumínio - Ao se acumular no corpo, podem causar desde má digestão, queda de cabelo e cansaço, até danificar o sistema nervoso, interromper as funções hormonais e causar doenças degenerativas e auto-imunes.  

Exemplos: chromium, thimerosal, lead acetate.  

 

TRICLOSAN: Conservante utilizado para inibir o desenvolvimento de bactérias. Pode ser encontrado em cremes dentais, desodorantes, sabonetes e outros produtos. É considerado alergênico para a pele, os olhos e pulmões, e também pode causar distúrbios endócrinos. Estudos relacionam o triclosan com o aumento de bactérias resistentes a antibióticos. Além disso, é responsável por problemas ambientais de bioacumulação.

Exemplos: 2,4,4'-Trichloro-2'-hydroxydiphenyl ether,  5-chloro-2-(2, 4-dichlorophenoxy)phenol, 5-Chloro-2-(2,4-dichloro-phenoxy)-phenol, Triclosanum,  Triclosano.

 

Cada vez mais estudos demonstram os danos à saúde e ao meio ambiente causados por esses componentes. 

 

Por isso é tão importante ler os rótulos dos produtos e optar por aqueles com fórmulas limpas.

 

Think clean with Us!

 

 

Pague com
  • Pix
  • Wirecard
Selos

Us Clean Comércio de Cosméticos Ltda. - CNPJ: 37.291.288/0001-00 © Todos os direitos reservados. 2023

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade